quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Absurdos eleitorais

Postados em 23Out2014

1- Meu Deus. Tenho amigos que admiro muito espalhados pelos dois lados dessa contenda. Eu tenho minha posição, baseada em minha história e em minha forma de fazer política (fiz tanta coisa, nada nada nada errado desde a luta contra a ditadura até agora). Meus sentimentos sobre os problemas da humanidade estão em meus livros e filmes, a presença permanente de minha inquietação, da denúncia contra injustiças, contra a miséria, contra a opressão e as formas de exploração do homem pelo homem. Na política, minha razão me ajuda a escolher caminhos, acho que de uma forma muito pessoal. Aprendi que impor meu projeto é o primeiro passo para o fracasso. Aprendi que é preciso aprender na luta, saber que todas as mudanças são lentas e carregam em si o contraditório. Espanta-me o açodamento de muitos amigos, a radicalização e o absolutismo de suas "verdades", o vale-tudo, a facilidade com que classificam opositores de "fascistas", "nazistas", "direita", palavras que servem apenas para desqualificar, como fizeram exatamente os fascistas, os nazistas e os stalinistas (contra pessoas que são nossos ídolos, os ídolos do anti-fascismo, do anti-stalinismo, do anti-nazismo, da paz). É uma incoerência perigosa. Juro que isso dói.


  • Sara Belz FIQUE FRIO..É O VALE-TUDO...DIA 27 JÁ ESTÁ LOGO AÍ.
    7 h · Descurtir · 1
  • Paula Gasparini João querido bom dia! Sinto que essa guerrinha de memes existe dos dois lados. Dói sim, mas também tem seu lado pedagógico. Espero. Não sou de nenhum partido, mas nos últimos tempos me sinto mais representada pelo PSOL, sobretudo nas figuras de Jean e Freixo. Nessas eleições vesti a camisa do veto a Aécio. Vc sabe. Principalmente pela redução da maioridade penal que considero um flagelo. Fazia tempo que não vestia a camisa do 13. E sinto o mesmo desse lado de cá. Comecei até a compreender a casca grossa de alguns amigos PT istas. Porque é muito agressivo tb: petralhas>comunistas>revolução bolivariana> corruptos - de um desconhecimento de história sem precedentes. Fiquei bem chocada com a ignorância na média tb. Desdenham de conquistas históricas com crueldade, como a erradicação da fome, com o tal expressão bolsa esmola, tiram sarro da presidenta ter dificuldade de dicção como resultado das torturas que sofreu e por ai vai. Espero que deste caldo ácido, ganhe quem ganhar, possamos elevar o nível de maturidade em como convivemos com a diferença. Se te falar que compreendo um humanista como vc ser a favor da redução da maioridade penal estaria sendo falsa. E gosto muito de vc para isso. Mas respeito. E to contigo faça chuva ou faça sol! Vamos alcalinizar isso ai e tentar ser mais generosos uns com os outros. Abração! 
    7 h · Descurtir · 5
  • João Batista de Andrade Paula Gasparini E quem falou que sou a favor da redução da maioridade penal? - Eu estou numa aliança e não numa submissão política. Abração e obrigado a você pela mensagem.
    6 h · Editado · Curtir · 4
  • Maria Zitzer · Amigo(a) de Adalberto Piotto
    Pra mim o k falta é educação. Sem educação , não adianta Aécio, Dilma, cualker um. Sem educação na base criamos pessoas k não respeitam as diferenças em todos os setores.
    6 h · Descurtir · 2
  • João Batista de Andrade Inclusive educação política e histórica para saber o que se está dizendo. E para ver que ninguém tem a chave da porta do Paraíso, pronto para abrir.
    6 h · Curtir · 3
  • Sergio Santeiro João sem polemizar por honra do diálogo. Tenho pra mim que é o liberalismo que é de direita contra o trabalhismo que é de esquerda. Pode parecer simplismo mas tem horas em que a coisa é assim. Seja como fôr nós velhos até somos dispensados de votar né mesmo?
    6 h · Descurtir · 2
  • João Batista de Andrade Sergio Santeiro é bom lembrar que o fascismo na Itália surgiu do trabalhismo. De direita... As coisas não são muito simples como muitos querem. Grande abraço a você, que sempre admirei muito.
    5 h · Curtir · 4
  • Sergio Santeiro Abraços fraternos sempre.
    5 h · Descurtir · 1
  • Mirian Ibañez Com certeza dói. E assusta.
    5 h · Descurtir · 1
  • Marina Falcao · Amigo de Michael Ruman e outras 2 pessoas
    muito sensato ! Admirei 
    5 h · Descurtir · 1
  • Anita Simis João Batista, creio que há excessos dos dois lados. Mas veja o porque do termo nazista: O governador Jaques Wagner (PT) relatou nesta quarta-feira (22) um ato de preconceito durante um “bate-boca” com uma pessoa em um restaurante em São Paulo no último sábado (18). O governador estava na capital paulista para fazer campanha e saiu para jantar com a esposa, a primeira-dama Fátima Mendonça, e o filho dela que fazia aniversário. Quando saiu, ouviu uma voz gritando “vai embora daqui, vai”, dito de forma repetitiva. “Eu perguntei se era comigo. Aí teve o bate boca, que eu não ia também aceitar. Pela primeira vez, eu me senti ofendido com essa coisa”, declarou ao jornal A Tarde. Ele afirma ter sofrido preconceito por ser petista, em um ambiente de "classe média". O episódio fez o governador lembrar uma declaração do ex-presidente Lula, que comparou os tucanos a nazistas em um comício nesta terça-feira (21), em Recife, capital de Pernambuco. "Eu relatei isso para o presidente Lula e, provavelmente, como eu sou judeu, então ele se referiu a isso", afirmou Wagner. No comício, Lula comparou os líderes do PSDB a nazistas e a Herodes. "De vez em quando, parece que estão agredindo a gente como os nazistas agrediam no tempo da Segunda Guerra Mundial", declarou no evento.
    5 h · Curtir · 1
  • Joao Pizysieznig Filho Como votar em Dilma e olhar nos olhos de um filho e pedir para ele ser honesto?
    Ouça o telefonema do comite da deputada Maria do Rosário, do RS:
    http://m.youtube.com/watch?v=m7_RtiWsib8

  • João Batista de Andrade Anita Simis A sociedade está dividida. Intolerâncias pra todo lado. E eu não vou jogar lenha nessa fogueira que nos consumirá a todos indistintamente. Não são os candidatos nem seus partidos, é o Brasil. O resto é eleitoralismo.
    3 h · Curtir · 3
  • Marcelo Pestana Carlos Cirne Dói e muito, João!
    3 h · Curtir
  • Roberto Menezes Quem ousa te acusar de quê, João Batista de Andrade. & Você é uma pessoa muito íntegra, sem falar no talento artístico.Se alguém te acusa é porque introjetou o fascismo. O ódio está solto. A intolerância também. Você nunca quis ser o dono da verdade e sim um companheiro de luta. Quem lhe conhece sabe que os seus textos estão carregados de lucidez.
    3 h · Descurtir · 4
  • Miquito Mendes Ziembinski Parabéns, Sr. Roberto Menezes, pelo que escreveu acima!
    2 h · Descurtir · 2
  • Miquito Mendes Ziembinski Caro amigo, João Batista de Andrade, por favor, não se magoe, a incompreensão é característica do "ser humano" , as pessoas "mais" sensíveis como você sofrem , lamentavelmente, sofrem, mas, tudo passa, tudo tem um fim, às vezes não como desejamos ou almejamos. Dia destes, eu e meus 3 filhos, todos divididos politicamente, porém, foram unânimes qd. passei seu documentário VLADO 30 Anos Depois! Fizemos uma mesa de discussão sobre seu trabalho, creio eu, isso é o que importa, é sua importância para nosso Cinema Brasileiro.Um forte abraço, daqui das Minas Gerais!
    1 h · Descurtir · 6
  • Elza Carvalho Carvalho Isso é o que conta João, toda esta conquista é resultado do seu caráter e talento. Da minha parte e prazeroso saber que tenho amigos que fazem politica séria e arte com dignidade.
    14 min · Descurtir · 1
2- Não sei se dá pra segurar.

3- Fica difícil manter entre amigos pessoas que não nos respeitam, que tentam desqualificar nossas escolhas. Chega, gente! - Ninguém aqui me viu fazer isso. Não redigi mensagem de ataque e nem de críticas aos amigos. Não cometi nenhum compartilhamento dessas denúncias irresponsáveis e eleitoreiras que são inventadas a cada eleição e que depois se revelam absolutamente falsas, seja de que lado vierem. São denúncias que ferem, seguem as cartilhas, aí sim, do fascismo e do stalinismo para desmoralizar adversários.


  • Samuel Corrêa Bueno Me preocupa muito essa futebolização da politica. Politica antes de tudo é racional e negociação. Ceder para ganhar. Esse papo de sou fulano e vc é cicrano realmente me apavora. Seus textos tem sido um balsamo para minhas reflexões.
    9 h · Descurtir · 3
  • Karlos Rodrigues Santos Infelizmente não aprendemos a fazer política de outra maneira meu caro João! Tudo é valido, quando o alvo é o podre poder. Ainda somos muito tristes nessa seara!
    9 h · Descurtir · 3
  • Neusa Felipe Os eleitores dos 2 partidos estão tão violentos qto os torcedores de Palmeiras e Corinthians...Isto me dá muito medo
    9 h · Descurtir · 4
  • Myrian Christofani Acho que as pessoas não sabem ao certo o que é uma democracia.
    9 h · Descurtir · 2
  • Dojival Vieira Trata-se de um nível de campanha que dá ânsia de vômito, João. Certamente, não foi prá isso que tanta gente sofreu e muitos pagaram com a própria vida na luta contra a ditadura. Os que estão fazendo dessa campanha um imenso esgoto à ceu aberto, desonram a memória dos brasileiros que sofreram com a ditadura. As pessoas tem o direito de escolherem em quem desejam votar, sem serem importunadas, ofendidas, agredidas, como se o direito democrático de escolha tivesse deixado de existir para ceder lugar ao grito insano de torcidas organizadas.
    9 h · Descurtir · 4
  • Claudio Goldman João, o PT é ou não é a soma da esquerda totalitária com o sindicalismo "esperto" ? Eles não tem escrúpulos... Esta é a verdade...
    8 h · Descurtir · 5
  • Nilza Prata Bellini exclui 200 da minha lista de 700, sem mágoa e sem dó. Considero minha página no face a sala de minha casa e provocação grosseira é inaceitável.
    8 h · Descurtir · 6
  • Luci Helena Martins Tb concordo sr.
    8 h · Descurtir · 1
  • Naiara Vanessa Ávila A falta de respeito è um absurdo. .
    Parece que não temos o direito a nada
    Vamos respeitar as opiniões e não competir
    A união faz a força. .
    Ordem è progresso
    Você está certíssimo, João Batista de Andrade
    Acho que as pessoas estão mais preocupadas com o ego delas.. 
    Um lindo dia pra você! !! 
    7 h · Descurtir · 2
  • Elizeu Ewald Os Partidos viraram uma maneira rápida de se conseguir emprego e, para alguns, uma boa aposentadoria. O discurso ideológico (?) é só uma declaração de inclusão no grupo.
    7 h · Descurtir · 5
  • Mônica Peres que triste ler em um post tão importante e contra a violência e o radicalismo, ler um comentário que generaliza um dos lados como se todo ele fosse o pior do mundo... (por extensão, todos os que votam nele...) - não era (também) contra isso este post? pelo respeito não se pode ir a favor do preconceito... pena! 
    6 h · Editado · Descurtir · 3
  • Alfredo Rossetti · 47 amigos em comum
    Lamentável essa rinha que foi criada nos cérebros das pessoas, de quaisquer partidos.
    6 h · Descurtir · 2
  • Flávio Guarnieri E nesse momento lamentável que estamos presenciando a cada dia, não posso deixar de pensar o quanto um homem, que foi e é minha maior referência, que deu a cara a tapa tantas vezes pra termos nossos direitos de cidadãos respeitados e que pudessemos viv...Ver mais
    4 h · Descurtir · 3